Orion S.A. 
    Orion 115 Anos
  Português Inglês Espanhol

A Empresa

História - Linha do tempo


Linha do Tempo


ORION – Uma empresa Centenária

Em 1898, no dia 26 de novembro, nasceu uma empresa com o nome de uma constelação, tendo como símbolo uma estrela que nunca deixou de brilhar.

Os registros históricos apontam que em 1881 o Brasil contava com apenas 200 indústrias. Nessa época, denominada de Segunda Fase da Industrialização do país, buscava-se substituir os produtos importados por nacionais. Nos primeiros dez anos, houve o primeiro grande impulso de criação da indústria, de tal forma que em 1889 já havia cerca de 600 fábricas e, no primeiro Censo Industrial Brasileiro, de 1907, o número tinha atingido a marca 3.000 empresas industriais. Segundo alguns historiadores, a criação de indústrias no Brasil ocorreu pela falta de opção de investimentos. Quantas delas sobreviveram? Pouquíssimas, infelizmente.

Até a Lei Eusébio de Queiroz (1850) ter sido criada, o tráfico de escravos era a aplicação mais lucrativa. A proibição dessa atividade teve por consequência a chegada de imigrantes alemães e italianos ao Brasil, para substituir a mão de obra escrava, o que propiciou a criação de indústrias locais. A Guerra de Secessão Americana (1865) prejudicou o mercado do algodão e gerou escassez do produto. Como resultado desse fato, surgiram, em Santa Catarina, as primeiras tecelagens. Para participar da montagem dessas indústrias, chegou ao Brasil (1880) um mecânico alemão, Roberto Frauendorf que, encantado com o Novo Mundo, resolveu trazer também sua família. Seus filhos viriam a se tornar os donos da Orion.

Qual o cenário nacional na época da criação da Empresa em 1898?

  • Havia dez anos que o Brasil tinha, finalmente, demonstrado respeito pelo ser humano e proclamado a Lei Áurea (1888), libertando os escravos;
  • A República (1889) era ainda mais jovem, apenas nove anos;
  • A cidade de São Paulo contava com cerca de 70 mil habitantes;
  • A luz elétrica foi implantada no ano seguinte (1899);
  • O bonde elétrico de São Paulo só iniciaria suas atividades em 1900;

Já no cenário mundial:

  • Na Inglaterra reinava a Rainha Victória, em cujo reino o Sol jamais se punha.
  • Na Alemanha, Daimler inventava o motor a explosão (1885);
  • Nos Estados Unidos da América, a Estátua da Liberdade, que saudava os novos imigrantes, havia sido inaugurada há poucos anos (1886);
  • George Eastman, fundador da Kodak, popularizava a fotografia (1888).
  • Na Itália, Marconi colocava em funcionamento a primeira radiotelegrafia (1895)
  • Na França ocorria a Exposição Universal e, para comemorá-la, era inaugurada a Torre Eiffel
  • Também na França, os Irmãos Lumière, na Cave do Grand Café em Paris, faziam a primeira exibição pública do Cinema (1895).

A ORION nasceu na cidade de São Paulo, num pequeno galpão da Rua Paula Souza, no bairro da Luz onde fabricava pentes de chifre. Seu fundador, um alemão de nome Wild, vendia seus produtos de porta em porta. Depois, a empresa passou a fabricar barbatanas e botões. Em 1903 a ORION foi vendida a Paulo Boehme que depois, em 1905, a transferiu para a Rua Joaquim Carlos, no bairro do Brás. Wild contratou outro imigrante alemão, Jorge Griesbach, como seu “guarda livros“, função hoje conhecida como contador. Em poucos anos (1910), Jorge Griesbach adquiriu a empresa e trouxe para trabalhar consigo seus cunhados Francisco e Otto Frauendorf, que, em 1916, assumiram o controle acionário da empresa e que permanece com a família até os dias de hoje. 

A ORION faz parte da História do Brasil. Durante o período de duração da Segunda Guerra Mundial, a empresa, ávida de mão de obra qualificada, acolheu muitos imigrantes alemães de origem judaica, que fugiram da Europa por causa de perseguições. Teve participação relevante ao suprir o mercado com produtos escassos durante as duas Grandes Guerras. Sobreviveu e colaborou para amenizar a situação durante a Crise de 1929 e Revolução de 1932. Foi fundamental para o fornecimento de peças de borracha necessárias a implantação dos principais segmentos industriais: automotivo, siderúrgico, petroquímico, nuclear e aeronáutico.

No início do Século XX, pela inexistência de indústria de máquinas e ferramentas, a Orion fabricava suas próprias máquinas e o ferramental necessário à produção de suas peças. A empresa teve, por muitos anos, o melhor parque ferramenteiro existente, e, algumas máquinas continuam em funcionamento até os dias atuais. Esse fato foi fundamental para acelerar a implantação da indústria automobilística brasileira.

Quantos colaboradores participaram dessa empresa? Quantas indústrias de borracha nasceram a partir de experiência ganha por alguns de seus colaboradores? Esses profissionais, tendo aprendido como processar a borracha, fundaram suas próprias empresas, graças à experiência adquirida. Não seria exagero apelidá-la de “Universidade da Borracha”.

O Brasil e os brasileiros devem se orgulhar da história dessa Empresa, valorizá-la e respeitá-la. Ela é parte da História Viva do Brasil.

Nós, funcionários e acionistas a respeitamos e damos o melhor de nós para honrá-la, preservá-la e renová-la.


ORION S/A

 
 
ORION S.A. - Tecnologia em Borracha
© 1898 - 2013 Orion S.A. - Todos os direitos reservados.
Rodovia Presidente Dutra, km 135,1
12247-004 - São José dos Campos - SP - Brasil
Tel.: (12) 2139.1000 - Fax: (12) 3905.2161
DDG: 0800.882.2222 (exceto na região do Vale do Paraíba)
         
Política de PrivacidadeFale Conosco |  Cadastre-se |  By Redbit

Facebook